terça-feira, 24 de maio de 2011

Escola de Barueri está entre as melhores do Estado

O bom desempenho no Idesp é fruto de muito trabalho e participação dos pais.

Os alunos do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Leonor Mendes de Barros obtiveram excelente resultado no Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo). O índice é um indicador que mede a qualidade das escolas, através do desempenho dos alunos.

Mesmo antes de a Secretaria de Educação anunciar que caiu o desempenho dos alunos do 3º ano de “1,98” para “1,81” no Saresp (Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo), esta escola obteve o índice de 2,96, sendo o maior índice no município de Barueri.

Mas não há mágica. O bom desempenho no Idesp é fruto de muito trabalho e participação ativa de pais e professores. De acordo com Nanci Ramos Vilanova Sant’Anna, diretora da escola, o resultado é muito positivo para a unidade, porém ainda há falta de incentivo por parte do estado. “O bom desempenho é uma conquista nossa. É muito prazeroso saber que batemos as metas a que nos propomos e que o nosso papel está cumprido. Entretanto, sofremos com os baixos salários e a falta de uma política que nos incentive e nos valorize”, declarou.

Para Lúcia Helena Sanfilippo Kroger, coordenadora pedagógica, apesar das dificuldades, a grande vitória é ver que os alunos aprenderam de verdade. “Muitos chegam com grandes dificuldades, adquiridas ainda na alfabetização. E conseguimos sanar com um trabalho contínuo, de formiguinha mesmo. Este é o terceiro ano que conseguimos um bom resultado e o que queremos é melhorar cada vez mais.”

Alguns outros fatores também influenciaram no exemplar resultado da escola: boa estrutura física, ambiente limpo e organizado, foco na aprendizagem, parcerias com instituições privadas, rigidez e tecnologia à disposição dos alunos.
Infelizmente, isso não é a rea­lidade de todas as escolas brasileiras. Dados divulgados no final de março pela Secretaria de Estado da Educação dão conta que menos escolas estaduais receberão o Bônus da Educação no ano de 2011. De cada dez unidades, três não terão o benefício porque não atingiram as metas propostas no Idesp em 2010.

Folha de Alphaville.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário construtivo para nós! Lembre-se que esse é o melhor meio de melhoramos nossa escola!

Postar um comentário